O Banco Mundial fez uma reportagem sobre o Centro de Referência Esperança Garcia (CREG), projeto realizado pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), em parceria com a Ação Social Arquidiocesana (ASA).

No texto, a jornalista faz um apanhado da história da escrava que dá nome ao Centro, reconhecida como a primeira advogada do Piauí, por denunciar a situação de maus tratos em que vivia e perseguir seus direitos.

A matéria também explica o funcionamento do Centro e os serviços oferecidos para ajudá-las na retomada de suas vidas. O Centro oferece serviços diversificados, que vão desde um grupo de reflexão para as mulheres trocarem experiências até massoterapia.

O CREG oferece um acompanhamento social, psicológico e jurídico a mulheres em situação de violência, por meio da sua equipe multidisciplinar, que atende das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, na Rua Lisandro Nogueira, nº 1796, Centro de Teresina. O contato para mais informações é (86) 3233-3798.

Segue link da matéria: http://www.worldbank.org/pt/news/feature/2018/03/29/piaui-brazil-women-overcome-gender-violence

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).