A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres participou, na manhã desta sexta-feira (29), de uma ação realizada pela Associação das Prostitutas do Piauí no 100% drinks, localizada no Centro de Teresina.

A gerente de Enfrentamento à Violência da SMPM, Lidiane Oliveira, ressaltou a importância da participação da Prefeitura na ação. “Foram apresentados os serviços da SMPM, os tipos de violência e como enfrentá-la. Nós também pudemos descobrir qual a extensão desses serviços, como o Centro de Referência da Mulher em Situação de Violência Esperança Garcia.

Segundo a presidente da Aprospi, Célia Gomes, a intenção foi realizar um encontro inovador. “Pensamos em fazer uma coisa diferente, nos lugares onde tem o maior fluxo de entrada e saída de mulheres. Trouxemos pessoas para falar de violência, saúde e políticas públicas”, disse.

No encontro, também estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Saúde e estudantes do Laboratório Maria da Penha – projeto desenvolvido pela SMPM em parceria com o Ministério Público do Estado, no qual são desenvolvidas ações por meio do estudo de gênero e análise da Lei Maria da Penha.