Combater o assédio tem sido uma grande preocupação da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM). Atendendo a um convite da Receita Federal, os técnicos da SMPM, falaram sobre o tema para os servidores do órgão com a finalidade de proporcionar conhecimento e melhorar o ambiente de trabalho.

Segundo o sociólogo Weriquis Sales, é preciso tratar sobre o assédio sofrido por mulheres, numa perspectiva de gênero em espaços laborais. “Falamos sobre os tipos de assédio, as causas, consequências e formas de prevenção. Além do enfrentamento ao assédio sofrido por mulheres, que são reflexo das desigualdades entre homens e mulheres consequente da distribuição de poder em nossa sociedade”, enfatizou Sales.

Durante a atividade, a assessora jurídica do Centro de Referência da Mulher em Situação de Violência Esperança Garcia (CREG), Ana Patrícia, explicou como funciona o Centro e revelou que ele está de portas abertas para receber todas as mulheres que precisarem. O CREG fica localizado na Rua Benjamin Constant, 2170, e funciona de 8h às 14h. Mais informações pelo telefone (86) 3233-3798.