Um bate-papo com membros da Guarda Municipal de Teresina, nesta segunda-feira (26), marca o início da campanha “16 dias de ativismo”. A conversa será conduzida pelo defensor público Juliano Leonel e a englobará a luta pelo enfrentamento à violência contra a mulher. A atividade acontecerá na sede da Guarda, na Rua Borba Gato, 2463 – Itaperu.

A ação é a primeira entre várias que serão promovidas pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres durante os 16 dias de ativismo, voltadas para prevenção protagonizada por homens, por meio da campanha do Laço Branco: Homens pelo fim da Violência contra Mulher.

“Esse ano, a secretaria vai intensificar em vários lugares a discussão para que homens e mulheres desconstruam o machismo e sexismo da nossa sociedade”, afirma a secretária executiva da SMPM, Maria Helena Santos.

A campanha “16 dias de ativismo” é uma mobilização anual, praticada simultaneamente por diversos atores da sociedade civil e poder público engajados no enfrentamento à violência contra a mulher. Desde sua primeira edição, em 1991, já conquistou a adesão de cerca de 160 países.

Mundialmente, a Campanha se inicia em 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, e vai até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, passando pelo 06 de dezembro, que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres – Campanha Laço Branco.