As mulheres do Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) começaram a participar do Projeto Florescer Mulher, que leva Terapias Integrativas e Complementares às mulheres em situação de violência atendidas pelo serviço.

Na manhã de hoje (15), Lúcia* foi a primeira a participar. Saiu da sessão com a psicóloga direto para uma massagem relaxante. “As terapias fazem a gente se sentir renovada na alma e no corpo. Chegamos aqui nos sentindo para baixo e saímos bem melhor. Eu me sinto bem”, contou.

A terapeuta holística Janaína Barros é quem vai realizar as sessões. Segundo ela, o reiki, massagem relaxante, escalda pés, argila e aromaterapia são benéficos para o corpo e mente, pois aliviam o estresse, melhoram a circulação sanguínea e externam dores escondidas, além de promover o cuidado com a mulher. “Vamos trabalhar o toque, uma forma de estimular essas dores que ficam somatizadas no corpo, mente e espírito. Elas acham que não são merecedoras de cuidado. É uma forma de movimentar o corpo, dando o toque do amor, trabalhando a autoestima dessas mulheres”, explica.

O CREG oferece atendimento psicológico, social e jurídico para as mulheres em situação de violência em Teresina, por meio de uma equipe multidisciplinar. Além disso, as mulheres participam de diversas atividades, como massoterapia, cinema, corte de cabelo e grupos de reflexão, para se fortalecerem e melhorarem sua autoestima. O funcionamento do Centro é de segunda a sexta, de 8 às 14 hrs, na Rua Benjamin Constant, 2170. Mais informações pelo número (86) 3233-3798.

 

Lúcia* é um nome fictício.